Prefeitura Municipal de

Coronel Domingos Soares

(46) 3254-1166

  Onde Estou : Início > Notícias

Maria Antonieta assume Prefeitura com dívida de mais de R$ 2.400 milhões

Maria Antonieta assume Prefeitura com dívida de mais de R$ 2.400 milhões
Legenda: A Contabilidade continua em busca de mais dívidas deixadas

Ao assumir o governo de Coronel Domingos Soares, Paraná, a prefeita Maria Antonieta de Araújo Almeida solicitou à Contabilidade da Prefeitura que, como primeira tarefa do ano apurasse o valor da dívida que o Município possui hoje, para poder ver de que maneira o Município conseguirá trabalhar. Dívida esta deixada pela administração anterior.

            Com isso, a contabilista da Prefeitura, Daniele Periolo Bringhentti, iniciou os trabalhos de análise e pesquisa, descobrindo uma dívida empenhada equivalente a R$ 2.406.180,57, entre recursos livres e recursos vinculados à Saúde, à Educação e à Ação Social. Segundo Daniele, esta dívida é ilegal se analisada pela Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF. Desta forma, para controlar os gastos foi decretada moratória por um prazo de 90 dias, suspendendo os pagamentos de quaisquer despesas, como a fornecedores e prestadores de serviços, podendo ser pagas apenas as despesas relacionadas às áreas básicas de atendimento, como Saúde, Educação e Ação Social. E, cumprindo com sua responsabilidade como gestora, Maria Antonieta autorizou, na manhã da última sexta-feira, 06, o pagamento de uma dívida com o CONIMS – Consórcio Intermunicipal de Saúde – equivalente a R$ 153.583,02, a qual não foi quitada até 31 de dezembro de 2016. “Nós recebemos de herança algumas dívidas. Aos poucos, conforme os recursos forem entrando e recuperarmos nossa autonomia, vamos pagando as essenciais, que são as com convênios e consórcios”, comentou a prefeita. É através do CONIMS que o Município faz a aquisição da maioria dos medicamentos disponibilizados pelos postos de saúde, os quais estavam em falta, pois a fornecedora só liberaria a compra após a quitação da dívida.

            Ainda ao fazer as conferências de relatórios, sistemas e notas fiscais, a Contabilidade encontrou, até o momento, algumas notas fiscais não empenhadas até o final do exercício anterior, referentes à prestação de serviços de duas empresas, que somam o montante de R$ 14.517,74. De acordo, tanto com a Contabilidade como com a Assessoria Jurídica da Prefeitura, é como se tais notas não existissem para a Municipalidade. Ambas as empresas já fizeram requerimentos solicitando justificativa sobre o não-empenho de suas notas. Outra coisa intrigante encontrada é a aquisição de 875 unidades de leite em pó, 4.073 unidades de leite integral e 2.370 quilos de carnes diversas no período de 28 de setembro a 15 de dezembro de 2016, sendo a maioria adquiridos no mês de dezembro. Cabe ressaltar que as aulas nas escolas municipais encerraram dia 09 de dezembro e na creche dia 16 de dezembro, e tais compras são do Departamento de Educação. Inclusive, algumas das referidas notas datam de depois do término das atividades escolares.

            A Prefeitura está apurando os fatos e continua analisando documentos e relatórios, com o intuito de agir de forma honesta e transparente para com a população, que merece saber como está o seu município, participando, assim, ativamente da administração pública.

Voltar
Confira as Últimas Notícias